O que é Cremor Tártaro? Para que serve? Quais seus benefícios?
O que é Cremor Tártaro? Para que serve? Quais seus benefícios?

Bitartarato de potássio, também chamado hidrogeno tartarato de potássio, é um subproduto da fabricação do vinho. É o sal ácido de potássio, do ácido tartárico, conhecido como cremor tártaro ou creme de tártaro. Vejamos do que se trata.

O Cremor Tártaro é parecido com o fermento em pó ou bicarbonato de sódio e utilizado, também, na culinária.

  É um fino pó branco, inodoro e ligeiramente ácido, e se trata de um sal ácido extraído dos resíduos salinos originários da fermentação do vinho, nas paredes dos toneis.

Este produto é utilizado na culinária para regular a cristalização do açúcar, mantendo a superfície dos doces mais seca, para não ficar com a consistência melada.

Os veganos utilizam o Cremor Tártaro também para fazer suspiro de Aquafaba (a água do cozimento do grão de bico que é usado como substituto à clara em neve). 

Outros empregos do Cremor Tártaro na culinária ocorrem com sua utilização em receitas de bolos caramelados ou confeitados, maçã do amor, geleias, chocolates, cocadas, entre outros.

Por sua suave ação fermentativa, este ingrediente também é usado para dar maciez em bolos, tortas, glacês, cremes, caldas doces, biscoitos e outros.

O que veremos a seguir:

1. Descrição científica do produto
A denominação científica do Cremor Tártaro é Bitartarato de potássio. Além dessa denominação existem outras nomenclaturas científicas:
- Hidrogeno tartarato de potássio;
- Bitartarato de potássio;
- Tartarato ácido de potássio;
- Tartarato monopotássico

Identificador Químico: CAS 868-14-4

Denominação como aditivo alimentar: E336.

Propriedades Químicas:
- Fórmula molecular: KC4H5O6
- Massa molar: 188.177
- Aparência: pó cristalino branco
- Densidade: 1.05 g/cm3 (sólido)

2. Origem e Produção
O Bitartarato de potássio ou Cremor Tártaro surge da formação de sedimentos cristalinos nas paredes dos barris, onde o suco de uvas é fermentado, em um processo de vinificação, para virar vinho.

  Quando ocorre o esvaziamento dos barris de vinho, as paredes são raspadas e os cristais retirados são limpos, esmagados e refinados, dando origem ao Cremor Tártaro.

Durante o processo de maturação do vinho, já engarrafado, ainda formam-se crostas na parede interna, em volta da garrafa.

Essas crostas que formam borra (resíduos dos cristais de vinho) no lado interno da garrafa, dão origem ao tartarato de potássio, em seu estado bruto.

Esta forma bruta, assim como nos barris, é retirada para ser processada, se transformando no pó branco, inodoro, ácido, que tem várias utilidades: na culinária; para uso doméstico; e fins terapêuticos.

3. Utilidades
Evita que xaropes e caldas de açúcar cristalizem.

Reduz o desbotamento de verduras, que passam pelo processo de cozimento.

É utilizado em combinação com cloreto de potássio, em produtos substitutivos de sal que são isentos de sódio.

Como ingrediente na formulação de fermento químico, combinado com bicarbonato de sódio (alcalino), o Cremor Tártaro (ácido) produz a reação química necessária para este fim. 

Para fazer esse fermento, que é mais natural e saudável que o fermento químico industrializado, que contém transgênicos e substâncias químicas tóxicas (alumínio) para nosso organismo, são necessários: 4 colheres de chá de Cremor de Tártaro; 2 colheres de chá de Bicarbonato de Sódio. Mistura-se os dois pós e utiliza-se normalmente como fermento em receitas de bolos.

Observação: Existe um sal ácido parecido com o Cremor Tártaro, que é o pirofosfato ácido de sódio, e é confundido com o Creme de Tártaro, devido a sua finalidade culinária em padarias. 

4. Finalidades terapêuticas
O Cremor Tártaro, além da utilidade culinária, pode ser usado para fins medicinais, em tratamentos naturais. A seguir veremos 8 formas de utilização do Cremor Tártaro para tratar problemas de saúde.

a) Ajuda a parar de fumar
O Cremor Tártaro junto com suco de laranja (vitamina C) tem efeito antitabagismo no organsimo.

Essa mistura traz os seguintes benefícios para o organismo: Repõe o potássio perdido pelo vício do cigarro; Elimina a nicotina do organismo; Estimula a rejeição ao cigarro.

Instrução de uso: Beber, à noite, um copo médio de suco de laranja com metade de uma colher de chá de Creme Tártaro durante 30 dias.

b) Diminui sintomas da artrite
Em 100 gramas de Cremor Tártaro, tem 2 mg de magnésio. Por isso o Cremor Tártaro é utilizado para tratar artrite.

Instrução de uso: Utilize 2 colheres de sopa de Cremor Tártaro com 3 colheres de sopa de sal de Epsom e misture com a água do banho. Tomar um banho de 30 a 40 minutos com essa mistura, uma vez ou duas vezes por dia.

Obs: Se a dor da artrite é em pequena área e de forma localizada, reduza pela metade as quantidades de Creme de Tártaro e Sal Epsom. Mergulhe a área a ser tratada em um balde ou bacia com essa mistura.

c) Trata infecção urinária
O Cremor Tártaro alivia infecção do trato urinário, pois altera o pH da urina. Dessa forma, cria uma condição benéfica para afastar as bactérias que causam a infecção urinária.

Instrução de Uso: Tomar 1 colher e meia de chá de Cremor Tártaro, misturado em 1 xícara de água morna com algumas gotas de suco de limão. Beber esta mistura 1 ou 2 vezes por dia.

d) Elimina acne
A acidez do Cremor Tártaro o torna um agente antiacne para a pele.

Instrução de uso: Prepare uma bebida com 1 colher de chá de Creme de Tártaro e 250 ml de água ou suco de laranja. Beba todos os dias. 

Gradativamente essa bebida irá desintoxicar o organismo das substâncias ​​e bactérias que produzem a acne na pele.

e) Diminui a hipertensão arterial
Pessoas com baixos níveis de potássio desenvolvem problema de pressão arterial alta. O Creme de Tártaro regulariza essa situação. 100 gramas de Cremor Tártaro contém 16500 miligramas de potássio.

Mas antes de fazer uso do Cremor Tártaro, consulte o médico, para saber se a causa da pressão alta é a deficiência de potássio. Caso for, o uso do Cremor Tártaro poderá ajudar a tratar esse problema.

Instrução de uso: Utilize 1 colher de chá de Cremor Tártaro misturado em um copo de água. Beba essa mistura todas as noites. 

f) Para acabar com a Azia
Para tratar esse transtorno digestivo é necessário utilizar o Cremor Tártaro em conjunto com o Bicarbonato de Sódio.

Instrução de uso: Misturar 1/2 colher de chá de Cremor Tártaro e 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio em um copo de água. Tomar 1 colher de chá desta solução quando ocorrer o sintoma de azia.

g) Evita a formação de cálculos biliares 
Para prevenir ou eliminar a formação de cálculos biliares, utilize o Cremor Tártaro em conjunto com o suco de limão e o Sal de Epson.

Instrução de uso: Misturar o suco de 6 limões com 1 colher de sopa de Sal de Epsom e 3 colheres de sopa de Cremor Tártaro. Adicionar água e colocar na geladeira. Beber um pequeno copo dessa mistura todas as noites, enquanto for necessário.

h) Trata Infecção Bacteriana
As infecções bacterianas que podem acometer qualquer parte do nosso corpo resultam em inflamação, inchaço e febre. O Cremor Tártaro favorece a alcalinidade em nosso organismo, gerando um ambiente impróprio para as bactérias.

Instrução de uso: Beber 1/2 colher de chá de Creme de Tártaro com 1/2 xícara de água morna.

5. Cuidados ao utilizar o Cremor Tártaro
Antes de usar o Cremor Tártaro para fins medicinais, consulte um médico ou especialista para obter um diagnóstico preciso do problema de saúde e para saber qual o tratamento correto.

O Cremor Tártaro é benéfico e tem finalidade terapêutica, desde que usado corretamente, não substituindo o tratamento médico necessário, de acordo com o caso e problema de saúde.

6. Contraindicações 
O Cremor Tártaro é contraindicado para pessoas com sérios problemas renais e que tenham estômago muito sensível. 

7. Considerações Finais
Apesar de tantas utilidades, muitas pessoas ainda não conhecem o Cremor Tártaro.

Este conteúdo foi feito com o propósito de informar e tornar esse produto conhecido. Agora que sabemos mais sobre o Cremor Tártaro, que tal compartilhar essas informações?

Dessa forma, mais pessoas poderão usufruir dos benefícios do Cremor Tártaro, se aconselhadas por um médico antes.

Fonte: GreenMe (http://vinho.one/1qy6j)
Por Deise Aur. Foto: Reprodução


Comentários