EUA lideram como país que mais consome vinho no mundo
Os EUA são a nação que mais consome vinho no mundo, embora os italianos sejam os que mais bebem vinho per capita. Essas são algumas das principais descobertas de um estudo abrangente sobre os hábitos de consumo de vinho pelo mundo.

Após estudar as tendências de 114 mercados consumidores e 28 países produtores de vinhos, os analistas da Pesquisa Internacional sobre Vinhos e Destilados (IWSR) elaboraram um profundo relatório que pinta o cenário do mercado global das bebidas.

De acordo com os últimos números, ano passado, os consumidores americanos entornaram 339,6 milhões de caixas de 9 litros de vinho (12 garrafas).
 
Até 2018, o número deve subir para 337,9 milhões de caixas nos EUA.

Após os EUA, a França foi a segunda nação maior consumidora de vinhos no mundo, seguida pela Itália, Alemanha e China.

O relatório, encomendado pela feita internacional de vinhos e destilados Vinexpo, também descobriu que a sede global por vinho está aumentando: entre 2009 e 2013, o consumo global subiu 2,7%, um aumento equivalente a mais de 31.7 bilhões de garrafas.

A pesquisa de mercado também prevê que tal crescimento será de mais 1% de 2014 a 2018, com os consumidores esvaziando mais 32,78 bilhões de garrafas.

Em 2013, vinhos espumantes como cava e prosecco foram responsáveis por 8% do vinho consumido no mundo.

No mesmo ano, o consumo de champanhe caiu 1,4% globalmente, em especial devido à queda de demanda na França, EUA e no Reino Unido, acrescentam os autores.

Enquanto isso, de acordo com estatísticas separadas lançadas esta semana pelo Comité Champagne, o consumo de champanhe se recuperou em 2014, com crescimento de vendas de 1% ano passado em comparação com o anterior – equivalente a 308 milhões de garrafas, ou 4,5 bilhões de euros, o segundo maior recorde depois de 2007.

Quanto ao consumo per capita, parece que a Itália possui a maior quantidade de amantes do vinho, com 48,1 litros consumidos por pessoa, seguida da França, Suíça, Portugal e Áustria.

Todavia, o relatório também prevê que o consumo nacional na Itália irá cair bastante entre 2014 e 2018, chegando a 7%, portanto, a França irá destronar a Itália em consumo per capita até 2018, que por sua vez será superada pela Alemanha no ranking de maiores mercados de vinhos do mundo.

Os resultados da pesquisa revelam um quase empate na disputa entre tintos e brancos, com o tinto mantendo uma pequena vantagem sobre seu colega mais leve: os tintos representam 55% do vinho consumido em 2013 (sem levar em conta os espumantes).

O rosé permaneceu estável em 2013, graças à sua popularidade na França, Reino Unido e EUA.

Vino Emporium  Eis os 10 maiores países consumidores de vinho de 2014 de acordo com o volume:

1.  EUA
2.  França
3.  Itália
4.  Alemanha
5.  China + Hong Kong
6.  Reino Unido
7.  Argentina
8.  Rússia
9.  Espanha
10. Austrália


Fonte: MSN (http://www.msn.com/pt-br/receitasebebidas/other/eua-lideram-como-pa%C3%ADs-que-mais-consome-vinho-no-mundo/ar-AA8ve8i)
Foto: Site HallPic

Comentários