Vendas de sucos de uva e espumante crescem no Brasil

As vendas de sucos de uva e espumantes fecharam 2014 em alta no Brasil em relação ao ano anterior, ao contrário dos vinhos, que perderam espaço no comércio nacional. O panorama acaba de ser divulgado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), que compila os dados do Rio Grande do Sul, responsável por cerca de 90% da produção brasileira. Segundo a entidade, foram vendidos 90,2 milhões de litros de sucos de uva no ano passado, crescimento de 13,5% se comparado ao resultado de 2013. O ranking segue com os espumantes na segunda colocação, com vendas de 16,7 milhões de litros, 5,5% mais volumosas que no ano anterior.

O comércio de vinhos finos, por outro lado, teve retração de 3,9% e os vinhos de mesa, queda de 4,1%. Considerando o volume total dos produtos comercializados, houve redução de 0,18% nas vendas.  “Como as cooperativas têm o compromisso de receber toda a produção dos associados, a reconversão para os sucos e espumantes contribui para que não tenhamos aumento de estoque e problema na colocação no mercado”, explica o presidente da Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul (Fecovinho), Oscar Ló.

  Confira os números de vendas por segmento:

- Os espumantes, em geral, tiveram aumento de 5,5%, com a venda de 16,7 milhões de litros;

- Os espumantes moscatéis cresceram 14,3%, com a venda de 4,2 milhões de litros;

- Na categoria sucos de uva prontos para o consumo, ocorreu aumento de 13,5% em relação a 2013, com a venda de 90,2 milhões de litros;

- Os sucos naturais/integrais cresceram 15,4%, com a venda de 83,3 milhões de litros;

- Na categoria de sucos de uva reprocessados e/ou reconstituídos, o crescimento foi de 44%, com a comercialização de 2,6 milhões de litros;

- Os vinhos tranquilos, incluindo os de mesa e os de variedades viníferas, apresentaram redução de 4,17%, com a venda de 225,2 milhões de litros;

- Foram vendidos 206 milhões de litros de vinho de mesa (- 4,19% em relação a 2013):
Tintos: 177,8 milhões (-3,2%); Brancos: 26,7 milhões (-9%); Rosados: 1,4 milhão (-20,3%);

- Foram vendidos 19,2 milhões de litros de vinho de variedades viníferas (vinho fino), ou seja, -3,98% na comparação com 2013: Tintos: 14,7 milhões (-3,7%); Brancos: 4,4 milhões (-3,7%); Rosados: 154, 5 mil litros (27,2%);

- Os vinagres apresentaram redução de 6% na venda em relação a 2013, com a comercialização de 13,7 milhões de litros em 2014. A exceção positiva foram os vinhos acetificados (com maior acidez, para tornarem-se vinagre no destino), com aumento de mais de 40% em relação ao mesmo período.


* Dados provenientes do Cadastro Vinícola, mantido por meio de parceria entre Ibravin, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Secretaria de Agricultura e Pecuária do RS. Os dados são referentes às vinícolas do Rio Grande do Sul.

 

Fonte: Globo Rural (http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Economia-e-Negocios/noticia/2015/02/vendas-de-sucos-de-uva-e-espumante-crescem-no-brasil.html)
Foto: Divulgação


Comentários