Nova invenção britânica permite que as pessoas criem seus próprios vinhos

O vinho e o enófilo parecem figurar mais próximos de uma comunhão completa a cada nova tecnologia lançada no universo vinícola. Desta vez, a inovação ficou por conta da britânica Cambridge Consultants, que criou uma máquina capaz de elaborar inúmeros vinhos a partir de quatro tipos primários da bebida: um Shiraz da Austrália; um Muscat da França; um Pinot Noir e um Merlot, ambos do Chile.

  Batizada de Vinfusion, a promissora invenção promete ser facilmente manuseada por leigos, ao passo que utiliza termos não técnicos para elaborar o blend que melhor se adequa ao desejado pelo cliente.

  Vino Emporium explica: Blend significa a técnica de criar um vinho usando componentes de diferentes vinhedos, variedades de uvas, barris ou tanques.

Inicialmente desenvolvida para vinhos tintos, a Vinfusion possui um painel touch screen com três slides, nos quais é possível deslizar o cursor entre “leve-encorpado”, “suave-forte” e “doce-seco”. A partir dessas características previamente estabelecidas, a máquina mistura os vinhos de base em uma espécie de tanque, no qual também são acrescentadas bolhas de ar para um blending mais efetivo. De acordo com os desenvolvedores, apesar de poucos, os vinhos primários permitem a representação de todo o espectro de sabores e aromas que os enófilos podem esperar de suas bebidas.

  Vino Emporium explica: Enófilo significa aquele que gosta de vinhos.

Antes de defini-los, a equipe comandada por Sajith Wimalaratne realizou um estudo sobre os vinhos pedidos pelas pessoas em bares e restaurantes. A partir dessa pesquisa, foram então selecionados 20 vinhos para encontrar quais poderiam, individualmente e misturados, produzir as características almejadas. “Um dos maiores desafios é entender a complexidade dos blends. Misturar vinhos para achar o sabor e o aroma ideais tem sido uma busca centenária. E isso é o que caracteriza a alma da Vinfusion”, comentou o pesquisador. Segundo ele, a máquina deve ser empregada principalmente em estabelecimentos comerciais.

  Dica: Quer saber mais sobre os termos técnicos do universo do vinho? Consulte o Glossário do Vino.

Fonte: Revista Adega (http://vinho.one/myqaK)
Foto: Cambridge Consultants/Divulgação


Comentários