Especialistas italianos elegem os 16 melhores vinhos do Brasil

A publicação italiana Il Sommelier (dedicada a enologia, gastronomia e turismo) apresentou na edição deste mês, um extenso painel de degustação às cegas sobre vinhos brasileiros (especialmente espumantes), coordenado pelo conhecido sommelier Roberto Rabachino, editor da revista e professor de enologia da Universidade de Caxias do Sul (RS).

  O objetivo principal da prova foi estabelecer um pequeno guia para os consumidores europeus que virão ao Brasil para as férias de verão e, principalmente, para assistir aos Jogos Olimpícos do Rio de Janeiro. Mas é claro que ele também serve como uma ótima referência para nós, brasileiros, sobre os melhores vinhos feitos em nossa casa sob o escrutínio de um olhar europeu.

O painel de degustação foi composto por 8 profissionais italianos (2 enólogos, 2 especialistas em análise sensorial, 2 sommeliers profissionais e 2 jornalistas da área). Eles degustaram 92 vinhos das principais vinícolas do país, todos eles comprados em lojas de várias cidades brasileiras e posteriormente enviados para a Itália.

Os especialistas italianos ranquearam os 16 melhores rótulos degustados no painel, segundo o método de análise adotado pela OIV – Organização Internacional da Vinha e do Vinho – e chegaram ao seguinte resultado final:

1º lugar (pontuação de 98/100): Cave Geisse Terroir Brut Rosé (Pinto Bandeira, Bento Gonçalves/RS);

2º lugar (96/100): Chandon Brasil Passion Demi-Sec (Garibaldi/RS);

3º lugar (95/100): Luiz Argenta Brut 48 meses (Flores da Cunha/RS);

4º lugar (94/100): Pericó Sauvignon Blanc 2014 (São Joaquim/SC) e Casa Valduga Extra Brut 60 meses (Bento Gonçalves/RS);

5º lugar (93/100): Miolo Terroir 2008 (Bento Gonçalves/RS);

6º lugar (92/100): Pizzato Alicante Bouschet 2009 (Bento Gonçalves/RS), Boscato Touriga Nacional 2010 (Nova Pádua/RS), Santa Augusta iMorTali 2012 (Videira/SC), Don Giovanni Dona Bita Brut (Pinto Bandeira/RS);

7º lugar (91/100): Aurora Millesime Cabernet Sauvignon 2011 (Bento Gonçalves/RS) e Guatambu Angus Tannat (Campanha Gaúcha/RS);

8º lugar (90/100): Don Laurindo Malbec 2013 (Bento Gonçalves/RS), Casa Venturini Chardonnay Reserva 2013 (Campanha Gaúcha/RS), Salvador Gran Báculo 2005 (Flores da Cunha/RS) e Vila Francioni Michelli 2007 (São Joaquim/SC).


Fonte: Blog Gazeta Online (http://vinhos.me/mlfeu)
Por Luiz Cola. Foto: Divulgação


Comentários