Novo estudo sugere que consumo de vinho pode evitar diabetes

Beber de forma frequente e moderada pode reduzir a chance de desenvolver o tipo 2 da doença

Um novo estudo sugere que o consumo frequente e moderado de álcool, em especial o vinho tinto, pode reduzir a chance de desenvolver diabetes tipo 2. Diversos centros de pesquisa já haviam se dedicado a pesquisas que revelaram que o risco de diabetes era menor entre aqueles com um hábito de consumo leve à moderado de álcool, quando comparado aos que não bebem ou que ingerem em excesso. 
 
Agora, um grupo de pesquisadores do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Sul da Dinamarca encontrou evidências que sugerem que a frequência com que você consome álcool pode determinar a obtenção de benefícios protetores contra a doença. 
 
O artigo publicado na revista Diabetologia utilizou dados da Pesquisa Dinamarquesa de Exame de Saúde, na qual hábitos de consumo e saúde foram relatados por 70.551 participantes livres de diabetes (28.704 homens e 41.847 mulheres) ao longo de cinco anos.

Ao fim do período, 859 dos homens e 887 das mulheres desenvolveram diabetes. Os pesquisadores determinaram que aqueles que tiveram o menor risco de diabetes eram os que bebiam moderadamente, 14 bebidas por semana para homens e 9 bebidas por semana para mulheres. 
 
  Além da frequência, também foi examinado o tipo de álcool ingerido. O consumo moderado de vinho foi associado a um risco consideravelmente menor para homens e mulheres, em comparação com abstenção ou consumo pouco frequente. No texto do estudo, os pesquisadores especulam que isso se deve às propriedades de equilíbrio do açúcar no sangue e polifenóis encontrados no vinho tinto, tema, inclusive, que será alvo de aprofundamento posterior.
 
Os resultados para cerveja e outras bebidas foram menos conclusivos. Os pesquisadores advertem que os dados não podem ser usados para aconselhar o consumo de vinho ou qualquer outra bebida, isso porque concentraram-se em uma única doença – o diabetes.
 
Apesar disso, são notícias positivas para apreciadores de vinho que bebem moderadamente. Embora, obviamente, não seja inteligente contar que sua taça diária de vinho irá resolver problemas de saúde, ter algumas doses espalhadas ao longo da semana e manter outros hábitos saudáveis, talvez apenas ajude a manter a diabetes longe.

Fonte: Revista Adega (http://vinho.one/t9QbJ)
Por Maria Bolognese. Foto: Revista Adega/Reprodução


Comentários