França
França
Chile
Chile
África do Sul
África do Sul
Califórnia
Califórnia
Itália
Itália
Degustar vinhos é uma atividade prazerosa em qualquer lugar do mundo, mas apreciar as peculiaridades de cada uva ou safra ganha toques especiais no local onde eles são produzidos. E o brinde: as paisagens inesquecíveis.

  Conheça algumas das principais regiões produtoras de vinhos do planeta:

França: vinhos e champanhes tradicionais

A França abriga as regiões onde são produzidos alguns dos melhores vinhos e espumantes do planeta. A cerca de três horas de Paris, Bordeaux é a sétima maior cidade do país e a capital mundial do vinho. O solo de pedra calcária e as águas dos rios Garonne e Dordogne garantem a qualidade de uvas como Cabernet Sauvignon, Malbec e Muscadelle. Além de visitas a vinícolas, há cursos e programas de degustação. A cena gourmet local ainda conta com uma variedade de restaurantes classificados com estrelas no famoso guia Michelin.

No nordeste do país, a região de Champagne ainda é pouco visitada pelos brasileiros. O cultivo de uvas é feito na montanha de Reims e há caves de champanhe espalhadas por dezenas de cidades da região, produzindo os espumantes mais famosos do mundo à base das uvas Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier. Um dos melhores jeitos de desbravar a região é de carro, pelas curvas das estradas que serpenteiam os vinhedos. 

Outra região importante na produção mundial de vinhos é a Borgonha. Além das próprias vinícolas da chamada Côte D'Or, uma das principais atrações é o Museu do Vinho de Beaune, que conta a história da produção da bebida desde a antiguidade. 


Pertinho do Brasil, os vinhos premiados do Chile

Não é preciso ir muito longe para degustar alguns dos melhores vinhos do mundo. No Chile, diferentes regiões abrigam as principais vinícolas do país, com destaque para a produção de uvas Cabernet Sauvignon e Merlot. Acessível de metrô, ônibus ou táxi a partir de Santiago, o vale do Maipo recebe milhares de visitantes na vinícola mais popular do Chile, a Concha Y Toro.

Também perto da capital, no Vale do Colchágua, outras fabricantes famosas, como Casa Silva e Montes, oferecem restaurante, visita à bodega e degustação. Mais ao norte, o vale do Aconcágua tem clima muito seco e paisagens de tirar o fôlego, palco da produção focada especialmente em vinhos tintos.

Para quem não quer correr o risco de dirigir sob o efeito de álcool depois das degustações, associações como a Ruta del Vino oferecem serviço de traslado às vinícolas.


Os jovens vinhos da Califórnia

Os Estados Unidos também se destacam na produção mundial de vinhos. Napa Valley, região vinicultora da Califórnia, na costa oeste americana, engloba cerca de 150 vinícolas, responsáveis por mais de 80% da bebida produzida no país. Conhecida pela uva Zinfandel, a região também produz Chardonnay, Cabernet Sauvignon, Pinot Noir, Syrah e outras variedades. Vinícolas históricas como Christian Brothers e Beringer recebem visitantes com construções de pedra, incomuns nos EUA.

A rota Silverado Trail oferece vinícolas de alto padrão e é uma alternativa para quem quer fugir do trânsito da movimentada highway 29, que corta a região de Napa. Quem procurar mais do que degustação de vinhos e gastronomia pode ir até Calistoga, conhecida pelas águas termais e spas. 


África do Sul: novo destaque na produção mundial

A duas horas de estrada a partir da Cidade do Cabo, na África do Sul, a região de vinícolas Cape Winelands encanta com sua paisagem de montanhas e vales. Um dos principais produtores de vinhos do novo mundo, o país cultiva diferentes variedades de uva, como Cabernet Sauvignon, Gamay, Pinot Noir e Syrah e faz sucesso pelo mundo com a híbrida Pinotage, considerada um símbolo da indústria local.

Em um passeio pela principal região vinicultora sul-africana, as propriedades nas cidades de Stellenbosch, Franschhoek, Paarl e Constantia parecem cenário de filmes. Pedaço francês no país, Franschhoek abriga restaurantes tradicionais como Grand Provence Estate, Tasting Room e Haute Cabrière Cellar.


Toscana: romance embalado a vinho

Terra dos famosos vinhos Chianti e Brunello de Montalcino, a região da Toscana, na Itália, é uma das mais procuradas por casais apaixonados em busca de paisagens românticas e medievais. Não faltam na região passeios envolvendo os vinhedos, como as tradicionais degustações, mas também piqueniques e passeios de carroça. Entre as vinícolas mais famosas, estão Biondi Santi, Ornellaia e Antinori nel Chianti.

No quesito hospedagem, há desde acomodações em fazendas na zona rural a hotéis cinco estrelas dentro das vinícolas ou nas maiores cidades da região. Para amantes das artes, é indispensável uma ida até Florença, berço do Renascimento e principal cidade da região.



Fonte: Terra (http://vidaeestilo.terra.com.br/turismo/turismo-internacional/do-chile-a-franca-saiba-onde-provar-os-melhores-vinhos,bd3ea85f4e92a410VgnVCM3000009af154d0RCRD.html)

Comentários