Coleção outono/inverno de vinhos

A temporada primavera/verão terminou e ingressamos agora no glamour do outono/inverno. Neste momento você está se perguntando: o assunto é moda? Não! É que a chegada de temperaturas mais baixas estimula nossos sentidos a provar mais vinhos. Brindes refrescantes com espumantes, brancos e rosés ficam na saudade. Prepare-se para rechear a adega com tintos sedutores.

O café da manhã do final de semana pode começar com um chocolate quente turbinado com 30 ml de Jerez. Uma calda feita com o vinho típico do sul da Espanha, com uma pitada de pimenta-branca moída na hora e canela, também pode incrementar o bolo de chocolate ou o brownie de nozes.

Na hora do almoço, escolha vinhos de médio corpo com as uvas Merlot, Syrah, Grenache, Tempranillo (todos sem passagem em carvalho). Os vinhos do Porto Tawny acompanham com perfeição o entardecer gelado nas montanhas. A taça pede a companhia de um bom livro, se você estiver em carreira-solo; ou um abraço, se optar por um dueto.

Ao anoitecer é hora de escolher vinhos encorpados. Rótulos com uvas Tannat, do terroir uruguaio, são os mais potentes, com taninos selvagens já domesticados. O Tannat francês é bastante sofisticado, bem como os assemblages da região de Bordeaux. O norte de Portugal encanta com os vinhos do Douro: a mescla de uvas regionais é sedutora. A cada taça, a amplitude aromática aumenta e aquece ainda mais sua noite. Harmonize com carnes assadas ou cozidas acompanhadas de polenta ou purê de mandioquinha. Um vinho da ilha da Madeira selará a noite. Procure pelo Reserve, ou o Madeira com indicação de safra: ambos serão inesquecíveis.


Fonte: Casa e Jardim (http://vinhos.me/khGRM)
Por Eliana Araujo. Foto: Divulgação


Comentários