Medalha de ouro para vinhos brasileiros em concurso uruguaio

Os produtos se destacaram no “Tannat al Mundo Terruño de Oro”, realizado em Montevideo, no Uruguai

A VI edição do concurso internacional “Tannat al Mundo Terruño de Oro”, realizado de 30 de outubro a 3 de novembro, em Montevideo, no Uruguai, ratificou o potencial brasileiro para a produção de vinhos da variedade Tannat. Os 12 jurados tiveram a missão de avaliar mais de 160 amostras de Tannat oriundas de cinco países, e dois rótulos nacionais figuram entre os 47 produtos que receberam medalha de ouro.

A organização e o desenvolvimento do “Tannat al Mundo Terruño de Oro” seguem os padrões internacionais indicados pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), premiando no máximo 30% das amostras e reunindo jurados experientes da Argentina, Brasil, Chile e Uruguai para a avaliação. E os enólogos André Peres Jr., diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE), e Dirceu Scottá, presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), estiveram no concurso representando o Brasil.

Para Peres Jr., as amostras avaliadas foram de alto nível e isso se refletiu nas premiações. “A participação do diretor geral da OIV, Jean Marie Aurand, e do presidente da União Internacional de Enólogos, Serge Dubois, qualificaram muito a competição. Foram agraciadas somente medalhas de ouro, deixando clara a vocação do Uruguai em produzir vinhos com a variedade Tannat, além de mostrar a evolução dos produtos nas duas últimas safras, de excepcional qualidade”, destaca.

Vinhos premiados
Medalha de Ouro
  Miolo Reserva Tannat 2015 – Miolo Wine Group
  Lendas do Pampa Tannat 2015 – Guatambu Indústria e Comércio de Alimentos

Fonte: Conceitocom (http://vinho.one/0g7uw)
Via ABE - Associação Brasileira de Enologia. Foto: Asociación de Enólogos del Uruguay/Divulgação


Comentários