Ficha Técnica

Ficha Técnica: Casa Ferreirinha Papa Figos (2013)
ATENÇÃO: As informações disponibilizadas no Vino Emporium têm carater apenas informativo. Nossa Equipe trabalha constantemente para que você tenha sempre informações corretas e confiáveis, mas não garantimos ou nos responsabilizamos por qualquer falha que possa haver no conteúdo do portal.
Safra: 2013
750 ml
% 13
  • Região Vinícola
    REGIÃO VINÍCOLA:
    Douro (DOC Douro)
  • Uvas

    UVAS:
    Tinta Roriz (35%), Touriga Franca (30%), Tinta Barroca (20%), Touriga Nacional (15%).

  • Visão
    VISUAL:

    Rubi de boa intensidade, quase violeta.

  • Olfato
    OLFATIVO:

    Aroma muito intenso, sobressaindo as notas florais de esteva e violeta, bem como fruta vermelha viva, como a ameixa e o morango. Acrescem notas balsâmicas de cedro e mentol bem complexadas por uma madeira discreta, mas bem integrada.

  • Paladar
    PALADAR:

    Na boca apresenta um bom volume, acidez bem integrada, taninos de boa qualidade, presença bem marcada de frutos vermelhos vivos. O seu final é longo, harmonioso e elegante.

  • Descrição
    DESCRIÇÃO:

    De todas as aves do Douro, o Papa Figos é uma das mais raras. Uma ave migratória de cores vivas e atraentes. O caráter único e raro desta ave é a inspiração perfeita para este magnífico vinho da Casa Ferreirinha. Papa Figos é um vinho tinto do Douro ideal quer para ser consumido todos os dias ou quer para ocasiões especiais. Um vinho elegante e ao mesmo tempo vibrante, clássico e simultaneamente moderno, que traduz os valores essenciais da Casa Ferreirinha, a casa com maior tradição na produção de vinhos de qualidade do Douro e uma das maiores referências mundiais desta região.

    Enólogo: Luís Sottomayor.

    Guarda: Papa Figos 2013 foi concebido para poder ser consumido jovem; no entanto, a sua qualidade mantém-se e será beneficiada com um estágio de 2 a 3 anos após a colheita, mantendo-se no seu melhor durante cerca de 4 a 6 anos, desde que conservado na posição horizontal e num local seco e fresco.

    Até ao 2º ano não necessita de algum cuidado especial, no entanto a partir dessa data recomenda-se que a garrafa deverá ser colocada 'alto' na véspera e decantada antes de ser consumido.

  • Elaboração
    A ELABORAÇÃO:

    O ano vitícola de 2013, em contraste com o de 2012, caraterizou-se por um inverno chuvoso e frio, com valores de precipitação acima da média dos últimos 3 anos. Salienta-se o atraso no ciclo vegetativo, em particular a floração que ocorreu de forma irregular. Apesar da alteração do clima nos meses de verão, caracterizado como quente e seco a extremamente seco (6º verão mais seco desde 1931), o atraso verificado no ciclo vegetativo manteve-se até à vindima que se iniciou em média com cerca de 8 a 10 dias de atraso. A partir do final de setembro verificaram-se períodos de chuva, por vezes intensa, que afetou sobretudo as zonas de maior pluviosidade e onde foram necessários cuidados adicionais.

    As uvas selecionadas são provenientes da região do Douro Superior, sendo cerca de 25% provenientes da Quinta da Leda e as restantes de lavradores que possuem vinhas de exposição preferencialmente expostas à norte e de relativa altitude. Após suave desengace e esmagamento, as uvas são encaminhadas para cubas de inox, onde se processa a maceração das películas e a fermentação alcoólica. Durante esta fase, procede-se a macerações intensas, usando o sistema de remontagem por bomba. A temperatura é controlada por um sistema de refrigeração e/ou aquecimento a cerca de 25º C. No final da maceração, determinado cuba a cuba pela qualidade do ano e das castas, o vinho é separado das massas, sendo o produto resultante da prensagem conservado à parte do de lágrima. Promove-se a ocorrência da fermentação malolática em condições de temperatura controlada.

    Após as fermentações de acabamento, o lote selecionado para Papa Figos 2013 permaneceu em cubas de aço inoxidável durante todo o inverno. Neste período e se beneficiando das baixas temperaturas naturais, obtém-se uma clarificação natural por sedimentação das partículas grosseiras. No final do inverno foi submetido à primeira trasfega com separação dos sedimentos. Cerca de 25% do total do lote realizou um estágio de aproximadamente 8 meses em barricas usadas de carvalho francês, sendo o lote final engarrafado ao final de 12 meses. No sentido de preservar a mais alta qualidade, é engarrafado após cuidadoso acabamento.

  • Harmonização
    DICA DE HARMONIZAÇÃO:

    Papa Figos é um vinho muito gastronômico, ideal para acompanhar todo tipo de aves, carnes variadas, fumeiro e queijos.

ONDE COMPRAR?

Visite a página dedicada a nossos anunciantes e veja os vinhos disponíveis: clique aqui.
E você que trabalha com vinhos e possui este exemplar para venda em sua loja, está na hora de conhecer o Vino Business!

Você já provou este vinho?

Então venha contar pra gente criando sua Ficha Funny (a ficha de degustação online e gratuita do Vino Emporium)!